Menos drivers = Mais fácil, versão 4

[Estou tentando localizar a foto do meu leitor de cartões para colocar aqui]

Aproveitando a idéia do Duda, nosso amigo canadense de minas, resolvi contribuir com um relato de instalação de um leitor de cartões (se bem que a história da impressora do hotel que reproduzi também é um bom exemplo disso).

Certa vez eu precisei ler um cartão SD que não estava rodando na minha câmera de jeito nenhum, então resolvi comprar um leitor. Eu queria comprar um daqueles USB que não tem crise, mas achei um leitor 4 em 1 para embutir no computador por dez reais. Daí comprei…

Como estava ansioso para ler o cartão, instalei o bichinho no computador do trabalho com windão mesmo… E imediatamente… nada aconteceu…

Então fui atrás do mini manual que veio junto, que devia ser um oitavo de uma A4, onde basicamente mandava baixar o driver do site. Baixei e instalei. Então, imediatamente… Nada aconteceu novamente.

Reiniciei a máquina (como eu adoro isso). Para minha surpresa teve efeito. O windows criou 4 novos drives com letrinhas E:, F:, G: e H:. Cada um para um dos tipos dos cartões que o leitor lia. Então coloquei o cartão SD. Nada. Esperei um pouco… Nada ainda… Dois cliques, clique com o botão direito, tirei cartão, coloquei cartão, pedi por favor… Nada… Mas pelo menos o windows sabia que o leitor estava lá, afinal ele montou 4 letrinhas novas.

Como vi que não tinha futuro desisti.

Cheguei em casa e pluguei no meu computador de 3 anos de idade com Ubuntu (com ele desligado, porque tem que ligar por dentro). Liguei o computador. Quando terminou de ligar coloquei o cartão SD no leitor, deu 2 segundos e apareceu um ícone com um formato de cartão SD na minha área de trabalho com acesso a todos os arquivos! Magavilha! Pena que o Linux seja tão complicado. (OBS: fui irônico)

Escreva também seu relato sobre Menos drivers = Mais fácil.

Interessado em aprender mais sobre o Ubuntu em português?
http://www.ubuntu-br.org/comece

5 opiniões sobre “Menos drivers = Mais fácil, versão 4”

  1. Opa, muito bom o depoimento.

    Concordo com você, também fico muito triste em o Linux ser tão complicado… =D

  2. Mais uma contribuição: minha namorada ganhou de Natal um notebook Acer Aspire 3100 e no mesmo dia me pediu pra instalar o Ubuntu. Formatei tudo, instalei Windows XP (um dia ela se convence que não precisa…) e o Ubuntu. Na hora de reiniciar, a surpresa: o Windows não reconheceu a maioria das coisas (touchpad, placa wireless, webcam…) enquanto que no Ubuntu saiu funcionando…realmente, é difícil de instalar e fazer o hardware funcionar no Linux! hehehehehe

  3. Meu vizinho (a quem já havia dado um CD do Ubuntu) comprou uma placa FIREWIRE, e nada do Windows XP reconhecer a tal placa. Nem com driver direto do site do fabricante, nem nada. Mandei ele dar um boot pelo live CD, instalar o LSHW e confirmar. Lá estava a placa. Resumo, teve que formatar a parte com o Windows.

  4. Bom instalei o Ubuntu este último fds, e tudo está funcionando perfeito melhor que no windows pra minha surpresa. instalar a impressora no linux apenas espetei a danada e pronto, já consegui imprimir na hora. mesus 2 monitores com rodando na placa nvidia 8500 com drivers feitos pelo pessoal do ubuntu, rodando perfeito. Muito chato tudo isso. Sem falar nas ótimas aplicações que vem com o Ubuntu. Tudo bem que ainda tenho certos questionamentos quanto as restrições de rodar software fechado etc… mas isso é outra questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *