Arquivo da tag: gmail

Caixa Prioritária do Gmail

O Gmail é o Gmail e vice-versa. Sempre estão inovando com coisas “supimpas”… Dessa vez a novidade é a “Caixa Prioritária” (ou “Priority Inbox”). Fiquei sabendo pelo Mashable e vou aproveitar o texto de lá:

O Google está começando a liberar para seus usuários a Caixa Prioritária do Gmail, um novo recurso para gerenciar grandes quantidades de e-mail. Sua caixa de entrada nunca mais será a mesma.

A Caixa Prioritária é uma tentativa do Google de resolver os males que sofrem usuários de e-mails. No núcleo, o recurso é um algoritmo: a Caixa Prioritária usa informações como palavras-chaves, as pessoas com quem você mais se corresponde e seus hábitos de e-mails para selecionar os mais urgentes da sua caixa de entrada. Esses e-mails são trazidos ao topo e marcados como importantes para você lidar com eles antes dos outros.

A Caixa Prioritária também é um algoritmo adaptativo. Marcar itens como importantes ou não importantes ensina ao sistema quais tipos de mensagens você considera mais urgentes. Você também pode usar filtros do Gmail para marcar automaticamente mensagens como importantes (por exemplo, de seu chefe ou de sua esposa).

O novo recurso aparece como um novo item de menu acima do link da “Caixa de Entrada”. Ao invés de indicar quantos e-mails não lidos você tem na caixa de entrada, a Caixa Prioritária mostra quantos e-mails prioritários ainda requerem sua atenção. Estes aparecerão no topo do Gmail como “Importante e não lido”.

A segunda camada do novo layout são os e-mails marcados com estrela. Essas mensagens aparecem em sua própria seção abaixo da Caixa Prioritária. O alvo é fazer com que os usuários marquem e-mails importantes que já tenham lido , mas por alguma razão ainda precisem em suas caixas de entrada. Abaixo de “com estrela” haverá todo o resto, que contém os demais e-mails não arquivados de sua caixa de entrada.

O impacto da Caixa Prioritária

Durante os meses de testes internos, a gigante de buscas descobriu que os usuários gastam 16% do tempo lendo e-mails insignificantes. Se você fizer as contas, é uma semana inteira de tempo econimizado. De acordo com o Google, assim que você mudar para a Caixa Prioritária, nunca vai querer voltar [NT: acho que esse negócio vai ser bom, mas disseram o mesmo sobre o Wave].

Podemos ver o porquê. Tivemos (Mashable) a chance de testar a Caixa Prioritária nos últimos dias e discutimos o novo recurso com o Diretor de Produtos do Gmail, Keith Coleman, e ficamos impressionados. Nossas caixas de entrada ficam com centenas de e-mails novos diariamente, mas apenas alguns requerem atenção imediata. Mesmo com dezenas de filtros do Gmail, mensagens importantes usualmente se perdem na pilha, nos fazendo perder oportunidades ou reuniões.

A Caixa Prioritária, embora não perfeita, é um passo dramático para resolver o problema. Mensagens importantes sobem ao topo, enquanto e-mails que ainda requerem atenção ficam marcados na seção com estrela. Basicamente adiciona ao recurso “Múltiplas Caixas de Entrada” um algoritmo inteligente que seleciona o que mais requer sua atenção.

O Coleman disse que a companhia tem trabalhado nesse recurso por 18 meses, mas a versão original do Gmail tinha algo similar antes de ser lançado, mas foi removido porque não estava pronto para consumo em massa. Agora está refinado para ser usado por todos.

Além disso, o Gmail já liberou um vídeo bacana em português:

Fonte: Gmail e Mashable

Como criar assinaturas com imagens no Gmail

Hoje me questionaram sobre isso. Nunca achei que era um assunto que gerasse dúvidas, mas descobri que as sugestões dadas não são triviais. Por isso vou escrever a forma que faço assinaturas. Apesar de eu não usar imagens, o processo é o mesmo e vou mostrar como criar assinaturas com imagens.

Primeiro, você tem que habilitar duas opções no Labs (não sabe o que é o Labs? Corra para o final do post, depois volte aqui).

Bom, habilite as “Respostas predeterminadas” (“Canned responses”, se o seu gmail estiver em inglês como o meu):

E a “Inserção de imagens” no e-mail (“Inserting images”, em inglês).

Em seguida, clique em “Escrever e-mail” (“Compose Mail”) e crie um texto de e-mail só com a assinatura que você quer:

E insira a imagem desejada (botãozinho indicado na imagem acima):

Fica mais ou menos assim:

Então você manda salvar sua resposta predeterminada:

Dê um nome a ela (um nome que te ajude a lembrar o que é):

E pronto! Sua assinatura com imagem está criada!

E como uso?

Bom, escreva o e-mail que quiser… Assim como fiz abaixo:

Depois é só mandar incluir a sua mensagem predeterminada, que é sua assinatura:

Obs: Cuidado para não confundir a parte de inserir com salvar, senão você sobrescreve a assinatura. Mas ele pede confirmação disso.

E seu belo e-mail vai ficar mais ou menos assim:

Espero que tenha sido útil. Podem divulgar como quiserem, só peço que mantenham os créditos.


Apêndice – O que é o “Labs”?

Usando as palavras do próprio Google: “Labs é uma área de teste para recursos experimentais que ainda não estão prontos para serem lançados. Eles podem mudar, falhar ou desaparecer a qualquer momento.”

Resumindo, Labs é um conjunto de aplicaçõezinhas “supimpas” para seu e-mail, dando várias novas funcionalidades. Cuidado que vicia e você vai passar um tempão brincando de adicionar coisas. Você pode até adicionar aquele jogo “Snakes” em seu gmail…

Voltar para cima

Gmail Video Chat

Ontem eu estava no meu gmail (como sempre) quando reparei que o nome do Duda estava com um símbolo estranho no chat. Daí eu tive um grande pensamento mineiro: “Uai?”

Hoje eu vi no gmail o aviso da novidade: agora o chat do gmail tem vídeo!

Esse povo não pára de aprontar… Mas qual não foi a minha surpresa/frustração quando vi: “O bate-papo por voz e vídeo do Gmail ainda não está disponível para Linux. Meleca!

Se quiser saber mais:

Google acrescenta “respostas enlatadas” ao Gmail

Notícia da Geek

A Google disponibilizou para usuários de seu serviço de correio eletrônico Gmail mais uma aplicação interessante: “canned responses” (ou, em português, “respostas enlatadas”), que como o nome indica permite criar respostas automatizadas para diferentes tipos de mensagem.

Ativando o recurso, explicou o site The Inquirer, o usuário verá um link sob o campo Subject (Assunto) enquanto escreve um email, e poderá salvar diferentes respostas que serão ativadas a qualquer momento.

Em um artigo no blog oficial do serviço, o engenheiro Chad Parry explica que o recurso é destinado àquelas pessoas que precisam enviar emails repetitivos.

A novidade insere uma opção sob o painel de Filtros, permitindo um recurso inédito no serviço até então: respostas automáticas.

O recurso está disponível apenas para clientes da versão em inglês do serviço. Usuários interessados podem testá-lo mudando suas configurações de conta sob o grupo idioma na aba Geral, e depois escolhendo “Enable” em Canned Responses, na aba Labs.