Páscoa

Hoje é o dia em que se comemora a Páscoa. Ao invés de desejar apenas “Feliz Páscoa”, resolvi compartilhar um pouco de como vejo essa comemoração.

A Páscoa surgiu com a libertação do povo de Israel do Egito. Se você não conhece a história da Bíblia, pelo menos deve ter visto no filme Príncipe do Egito que os israelitas tiveram que matar um cordeiro e pintar os beirais da porta com o sangue para que o anjo que passasse trazendo a décima praga (matar os primogênitos dos egípicios) não entrasse na casa dos israelitas. Por isso a páscoa tem esse nome, que significa “passagem”.

Mas essa páscoa era apenas um símbolo do que viria e já aconteceu. Numa Páscoa, Jesus Cristo foi morto como o cordeiro para preservar a vida de todos os que usassem o seu sangue como uma marca para se preservarem do juízo. “Desmetaforizando” (não sei se existe essa palavra ou algo parecido), no início de tudo o homem foi condenado pelo pecado (conhecem a história de Adão e Eva). A Páscoa é a resposta para essa condenação. O cordeiro (Jesus (o próprio Deus encarnado)), que não tinha sofrido a condenação do pecado, morreu para oferecer a sua vida por todos.

Saiba mais, leia o livro de João

Por isso, na minha opinião, a Páscoa é um feriado tão importante, ou até mais, do que o Natal. Sem o nascimento simbolizado no Natal não haveria a Páscoa, mas o nascimento tem a sua importância por causa da Páscoa.

Agora sim, o meu desejo de uma feliz páscoa, mas com significado.

Notas

Muitos que leem o meu blog não acreditam e até criticam quem acredita na Bíblia. Tudo bem. Todos tem o direito de acreditar ou não no que quiserem. Mas sou totalmente contra a ideia de alguns que afirmam que a fé em Deus é coisa de quem não tem inteligência para entender a ciência (não preciso nem mencionar o quão preconceituosa é essa ideia). Bom, seria Isaac Newton um sujeito ignorante? Ou talvez Blaise Pascal? Ou Michael Faraday? Ou Charles Babbage (pai da computação)? Ou Abraham Lincoln?

Da mesma forma em que alguns acreditam impossível a ciência ser compatível com a ideia de um Deus criador, eu acho impossível que todo um universo ordenado, e toda a vida, tenha surgido de uma explosão. A própria ciência já refutou a teoria da geração expontânea, que seria necessária para que os seres vivos surgissem da matéria. Além disso, todo sistema complexo que conhecemos teve que ser criado por alguém (na computação não se vê nenhum computador gerado expontaneamente ou a informação inserida sem alguém com inteligência estar envolvido).

Como disse um cientista uma vez: “Criacionistas e evolucionistas possuem as mesmas evidências. As interpretações dependem da cosmovisão de cada um.”

É isso. A área de comentários abaixo não é o lugar para uma discussão científico-teológica, mas opiniões são bem vindas.

Ubuntu 11.10 trará IE9 por padrão

O lançamento do IE9 pela Microsoft surpreendeu a todos pela inovação, segurança e boa renderização dos sites. Por isso, Mark Shuttleworth anunciou hoje que o IE9 será o navegador padrão do Ubuntu a partir do 11.10.

Foi uma bela surpresa o ganho obtido com a nova versão do Internet Explorer. Nós da Canonical designamos uma equipe para trabalhar em conjunto com os desenvolvedores da Microsoft para escrever uma versão para o próximo Ubuntu. O Internet Explorer será adaptado e ajustado ao Ubuntu para que gerencie toda a navegação web, assim como a navegação em arquivos locais, como faz muito bem no Windows. (Mark Shuttleworth)

Após essa declaração a equipe de desenvolvedores da Mozilla se pronunciou descontente com a posição tomada pela Canonical e resolveu adiantar o projeto do Firefox 5, que agora está previsto para setembro, um mês antes do lançamento do Ubuntu 11.10.

Veja mais informações nesse site.

Sorteio para amantes de café

Estou fazendo uma promoção no meu outro blog, focada em programadores e demais bebedores de café.

O pessoal do Café Meridiano entrou em contato comigo oferecendo 3 kits de café + a coleção de livros do Guia do Mochileiro das Galáxias. 2 kits serão sorteados e 1 será por meio de concurso cultural.

Para eu não reescrever o que está lá, acesse o Vida de Programador e veja como concorrer.

Comparação entre navegadores

A batalha entre os navegadores está voltando a ficar mais acirrada. Por isso, usando métodos extremamente científicos e obscuros, fiz um levantamento das características dos navegadores e apresento na tabela comparativa abaixo:

Atualização: gostei do adendo no comentário do felipelm:

Fernão de Magalhães – Safari – Descobriu as ilhas da Oceania, um território que se acha “novíssimo mundo” e fica meio à parte dos demais.

Compartilhando teclado e mouse com até 5 máquinas

A dica não é nova, mas é muito útil quando você tem que lidar com 2 máquinas ao mesmo tempo. Às vezes, ligo meu notebook ao lado do desktop para trabalhar e uso o mesmo mouse e teclado para ter mais agilidade.

Para começar, baixe o pacote quicksynergy. Vá em Aplicativos > Central de Programas do Ubuntu e busque por quicksynergy:

Mande instalar nas duas máquinas, a que vai compartilhar o teclado e o mouse, e a outra que vai usá-los.

Em seguida, na máquina que tem o teclado e o mouse a serem compartilhados, abra o programa em Aplicativos > Acessórios > QuickSynergy.

Deixe na aba Compartilhar, como na imagem acima, onde você pode configurar a posição de onde ficará a outra máquina. Funciona assim: no meu exemplo deixei a outra máquina à direita. Então, quando passo o mouse da borda direita da tela, o cursor já “cai” no outro monitor e o teclado também passa a funcionar para a outra máquina. É muito simples e rápido.

Então, escolha a posição onde vai ficar (virtualmente) a outra máquina e digite um nome qualquer, que será o “nome de tela” que será o mesmo nome configurado nas duas máquinas. No meu exemplo usei “note”. Depois clique em Executar.

Mas antes você precisa configurar a outra máquina.

Abra também o QuickSynergy e vá na aba Usar.

Digite o IP da máquina (leia mais abaixo se não sabe achar o IP) que está com o teclado e o mouse compartilhados e no “Nome de tela” digite o nome que configurou acima. Clique em Executar e pronto. Brinque com o mouse de um lado pro outro e vai ver que já está funcionando.

Obs: Existe também versões para Windows e para Mac, e você pode controlar máquinas com SOs diferentes.

Obs2: Além do objetivo original, também é legal para sacanear os colegas de trabalho e controlar a máquina deles enquanto estão usando :D. Mas nunca fiz isso e sei que vocês também não vão fazer… :)

Como descobrir meu IP no Ubuntu

  1. Clique com o botão direito no ícone de rede (à direita e acima);
  2. Clique em “Informações da conexão”;
  3. Copie o que está em “Endereço IP”

Audacity mais uma vez na globo

… mas dessa vez não é numa novela!

Numa reportagem do Jornal Nacional, falando sobre os grandes investimentos da Polícia, está lá nosso amigo e software livre, o Audacity.

Que é um baita dum editor de áudio eu já sabia, só não sabia que o audacity agora corria atrás de bandidos…

Obs: o vídeo está na página inicial do JN. Estou esperando sair um link permanente para linkar aqui.

Quantos programadores são necessários para trocar uma lâmpada?

Resposta curta: Nenhum, trocar lampadas é um problema de hardware.

Resposta longa:

Programadores da Microsoft:
Nenhum. Se a lâmpada estiver queimada, a microsoft vai declarar isso um novo padrão.

Programadores do Google:
Nenhum, porque acreditam que lâmpada é coisa do passado. E desenvolvem o GSunLight.

Programadores C:
6. 1 para trocá-la e 5 para seis mais tarde entenderem como ele fez isso.

Programadores Java:
1 para fazer o levantamento de requisitos, 1 para fazer os diagramas, 1 para instalar o TomCat, 1 para definir as classes, 1 para analisar as classes criadas, 1 para declarar os objetos, 1 para documentar o sistema, 1 para inserir a lâmpada na máquina virtual.

Programadores Clipper:
Só um, mas ninguém o encontra.

Programadores Python:
Já trocou?

Programadores PHP:
Só um, desde que haja alguém para desenhar o layout da lâmpada.

Programadores Delphi:
Estão procurando os módulos de troca de lâmpada nos fórums.

Programadores Whitespace:
”  ”

Programadores Ruby
Só um, e garante que só ele sabe fazer isso da melhor forma.

Também não quer ver os jogos do Paranaense?

Morar no norte/noroeste do Paraná é muito bom, a parte ruim é que fica passando o campeonato paranaense. Fica pior ainda na época da Libertadores: a globo passa jogos do paranaense no mesmo horário e a band não passa a Libertadores. Nós, pobres mortais sem tv por assinatura, não temos opção a não ser o rádio.

Mas, nada mais coerente que a RPC dividir a rede e passar o paranaense só na região de Curitiba, onde estão os verdadeiros torcedores paranaenses.

Se você também se indigna com isso, ajude a pedir para dividirem a rede. Acesse o fale conosco da RPC, selecione Programação e jornalismo e mande uma mensagem. Segue a minha como exemplo:

Por favor, em dias de jogos dividam a programação e passem os jogos paranaenses apenas na região de Curitiba, onde estão os únicos interessados. No norte e noroeste do estado as pessoas querem ver os jogos de São Paulo.
Muito obrigado.

Por favor, em dias de jogos dividam a programação e passem os jogos paranaenses apenas na região de Curitiba, onde estão os únicos interessados. No norte e noroeste do estado as pessoas querem ver os jogos de São Paulo.
Muito obrigado.

Quem sabe não escutam? O pior resultado disso é ficar como está…

Eu :)

^ Voltar ao Topo